Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 2 de março de 2016

Prioridades

Desde muito cedo, aprendi que como cristãos temos que lidar com as Escrituras Sagradas colocando de lado e ao largo nossas impressões e conceitos, porque é só com o coração aberto e vazio de nós mesmos que abrimos oportunidade de sermos preenchidos do pleno conhecimento de Deus, exatamente como Ele é e deseja revelar-se para nós.

A opinião e interpretação bíblica de irmãos em Cristo, contemporâneos e de tempos remotos, de longe e de perto, são importantes e nos ajudam a refletir mais. Porém, sem nos esquecer do respeito que todos eles merecem receber, se encaixam em 1 Tessalonicenses 5.21.

E.A.G.

O brilho da sabedoria


"Somente os sábios conseguem explicar as coisas. A sabedoria de uma pessoa brilha no seu rosto e a torna simpática mesmo que seja feia" - Eclesiastes 8.1 (NTLH).

Inquestionavelmente, a sabedoria que Deus nos dá é bênção. Naquele sentido de acumular o saber, de reter as coisas boas que Ele nos revela quando mantemos a posição de servos. Pois, esta sabedoria, quando recebida com o coração disposto a agregar o conhecimento, cria raízes que abraçam nosso ser e não nos abandona jamais. E nos faz aptos a discernir melhor as situações, avaliar tudo com olhos mais apurados, ter condições de evitar erros e encontrar acertos. 

Também, não deixa de ser bênção o fator inteligência, que é a capacidade de nosso cérebro racionar, guardar e proteger a sabedoria/informação recebida.

Deus é bom conosco!

E.A.G.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Crentes em crise, crentes em Cristo!


O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio" - Salmo 46.7.

"Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco" - Mateus 1.23.

No Brasil, neste ano de 2016, o desemprego bate à porta de muitos profissionais, o custo da cesta básica encarece assustadoramente. Vivemos momentos em que um dólar (US$ 1,00) beira quatro reais (R$ 4,00), nos câmbios comercial e financeiro. A péssima cotação da moeda brasileira trava a vida do cidadão comum, que não comercializa na área das exportações.

Não é apenas a pessoa ímpia que sente os efeitos da crise financeira. O crente fiel não está isento de aflições causadas por viver como cidadão em um país cuja política econômica está fragilizada, porém, quem tem Cristo no coração - Aquele que venceu este mundo -, é alguém que segue o Vencedor! Leia: João 16.33.

Deus se compromete com quem tem compromisso com Ele. Levanta-se... [continuação da leitura; Belverede]

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

A receita bíblica para o casamento feliz

A RECEITA BÍBLICA PARA O CASAMENTO FELIZ | 

Li em um blog gringo e concordo com a afirmação: para o casamento ter sucesso é preciso que marido e esposa dediquem-se um ao outro em 100%. Os dois devem servir um ao outro em amor o tempo todo, desinteressadamente, estando perto ou longe, pois casar-se é ser ser uma só carne com o outro, ser o mesmo com o outro, ter a mesma disposição, viver o mesmo objetivo.

Casar não é assinar contrato de troca de favores. Mas há quem considere que a troca de dedicação entre os cônjuges tenha que ser 50/50. Ou até 60/40; 70/30. Se houver diferenças de tratamento em seu matrimônio, esforce-se para mudar isso o mais rápido possível pois algo deve estar precisando de ajuste rápido, para que lá no futuro não haja uma ruptura irreparável.

E.A.G.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

A fé e as aflições


Notas Bíblicas | Belverede
Leitura da Bíblia Sagrada
A FÉ E AS AFLIÇÕES 

Lutas são passageiras, elas vêm e vão, mas a Palavra de Deus é duradoura. Assim sendo, quando nos protegemos debaixo da cobertura da Palavra, encontramos a proteção necessária para prosseguir adiante e vencer todas as tribulações. 

As verdades bíblicas que me confortaram e deram ânimo em momentos difíceis, são:

 • Incompreensão sobre a razão da existência de problemas: “Há coisas que não sabemos, e elas pertencem ao SENHOR, nosso Deus; mas o que ele revelou, isto é, a sua Lei, é para nós e para os nossos descendentes, para sempre. Ele fez isso a fim de que obedecêssemos a todas as suas leis” – Deuteronômio 29.29.

 • O tamanho do problema e a minha resistência: “As tentações que vocês têm de enfrentar são as mesmas que os outros enfrentam; mas Deus cumpre a sua promessa e não deixará que vocês sofram tentações que vocês não têm forças para suportar. Quando uma tentação vier, Deus dará forças a vocês para suportá-la, e assim vocês poderão sair dela” – 1 Corintios 10.13.

Para concluir, digo o seguinte: algumas provações parecem infindáveis. Sobre a longa duração que elas têm, eu percebi que se tornam leves com o tempo. Não sei explicar se ganhei força ou se elas enfraqueceram. O motivo com certeza é o que escrevi acima: me alimento da Palavra de Deus.

Textos extraídos da Nova Tradução na Linguagem de Hoje (SBB).

E.A.G.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

A fé e as emoções

faith in God that he is righteous.

EMOÇÃO OU FÉ | Sem dúvida, como cristãos, nunca devemos agir impulsionados pelas emoções, pois a origem delas é o coração, e, segundo Jeremias 17.5-9, ele é enganoso e desesperadamente corrupto. O crente deve agir seguindo as orientações da Bíblia (Salmo 119.105), sempre pela fé (2 Coríntios 5.7).

domingo, 24 de janeiro de 2016

Filipenses 3.13-14 - Deus pode mudar sua história [para melhor]


MAIS QUE LEITORES, PRATICANTES... | “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” - Filipenses 3.13,14 (Almeida, Revista e Atualizada – SBB).

Nenhuma orientação bíblica tem o objetivo de prejudicar os cristãos. Assim sendo, se praticamos os conselhos que lemos nas páginas de Bíblia, cuidando de entender os contextos e o texto, não há outro resultado do que o de ser uma pessoa abençoada por Deus. Faça isso, e permitirá que Deus mude a sua história para melhor. Leia as Escrituras Sagradas; pratique os ensinamentos de Cristo; e seja feliz.

Mesmo lendo-a e praticando-a, poderão acontecer contrariedades em seu viver. Apesar disso, continue, mantenha a disposição de ser crente obediente ao Senhor, pois ao final da caminhada você receberá um galardão, “o prêmio da soberana vocação”.

E.A.G.